concordância

Acordo; em estatística, é usado prin­cipalmente em estudos de gêmeos para se refe­rir à proporção de uma amostra representativa de gêmeos afetados, cujos co-gêmeos são ou serão afetados de um modo análogo. Está em contraposição a freqüência, que se refere unica­mente à incidência de enfermidades entre gê­meos, sem levar em conta a incidência em seus co-gêmeos.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.