constituição hidrópica, ou edematosa

Esta anomalia constitucio­nal é uma forma de diátese exsudativa em crianças, a qual se caracteriza por labilidade tér­mica, instabilidade de peso do corpo, tendência para edemas e acumulação de água e sal nos tecidos, e acentuada instabilidade da proprieda­de combinante da água nos próprios tecidos. Estas características são freqüentemente comple­mentadas pelo desenvolvimento de certos dis­túrbios nervosos, especialmente na esfera do sistema nervoso autônomo.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.