constituição hipohipofisária

No sistema de tipos constitucionais descritos por Pende, este termo refere-se a um tipo associado à secreção defi­ciente da glândula hipófise. Os aspectos cons­titucionais gerais deste tipo correspondem ao grupo hipoplásico no sistema de Kretschmer, embora a idade e o sexo o modifiquem consi­deravelmente.

A criança é caracterizada: (a) em ambos os sexos, por estatura e crescimento deficitários, aumento da adiposidade, cabeça pequena, ossos curtos, dentição irregular, lábios finos, olhos pouco espaçados com sobrancelhas ralas, mãos pequenas e boca circular; (b) no menino, por órgãos genitais externos pequenos e, por vezes, criptorquismo; e (c) na menina, pela aparência feminina já na primeira infância.

O tipo adulto (adolescente) é caracterizado: (a) no homem, por feições delicadas, ossos de contornos suaves, cabelo sedoso, pélvis ampla, distribuição feminina de gordura e pêlos pú­bicos, tronco e extremidades sem pêlos, mãos pequenas e atividade sexual deficiente; (b) na mulher, por seios pequenos, frigidez, tendência para a esterilidade e masculinismo; e (c) em ambos os sexos, baixa pressão sangüínea, pulso lento, aumento da tolerância ao carboidrato, poliúria e torpor mental geral.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.