falsa avaliação

Termo usado por Adler para desig­nar a subvalorização de outras pessoas ou obje­tos e a supervalorização das realizações e fina­lidades pessoais.

Como exemplo de subvalorização, Adler apresenta a história da "raposa e das uvas". Afirma que, "em vez de se dar conta de sua própria inferioridade, a raposa priva as uvas de seu valor inerente – e assim mantém seu ânimo elevado. Ela está preparada para a sua megalomania. Esses tipos de procedimento psí­quico servem primordialmente para a manu­tenção do 'livre arbítrio' e do valor pessoal. A mesma finalidade é servida pela supervaloriza­ção dos objetivos e realizações pessoais, causada pela fuga do indivíduo do sentimento pessimista acerca de sua própria inferioridade. Assim, eles são 'arrumados' [esses procedimentos] em vir­tude de uma tendência exagerada de segurança dirigida contra o sentimento de 'estar por baixo'".

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.