Estudo brasileiro revela que as pessoas que fumam, são mais ansiosas, tensas e impulsivas

O estudo foi realizado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP), e apresenta uma revisão da literatura científica sobre a psicologia do tabagismo, a fim de eleger características da personalidade consideradas como obstáculos ao abandono do tabagismo.
O estudo foi realizado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP), e apresenta uma revisão da literatura científica sobre a psicologia do tabagismo, a fim de eleger características da personalidade consideradas como obstáculos ao abandono do tabagismo.
Foi concluído que fumantes tendem a ser mais extrovertidos, característica que se relaciona com outras, como sociabilidade, afetuosidade, espontaneidade e facilidade de comunicação. Por outro lado, quando comparados com ex-fumantes e não fumantes, eles se mostram mais propensos a serem mais ansiosos, tensos e impulsivos. Essas características, por sua vez, do ponto de vista psicológico, têm forte relação com transtornos mentais como esquizofrenia e depressão.

Saiba mais…

Fonte: Agência FAPESP

Comments are closed.