figura

Na psicologia psicanalítica, em particular, este termo, em combinação com outros subs­tantivos que assinalam relações familiares ou relações interpessoais estreitas (por exemplo, figura do pai, figura da mãe, figura de autori­dade etc.), é aproximadamente equivalente de substituto, representante ou sub-rogado.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.