fobia de ser enterrado vivo

O medo de ser sepultado em vida constitui um tipo especial de claustro­fobia que representa o "ventre materno", sen­sações do próprio corpo e/ou o interior do pró­prio corpo do paciente. Este procura livrar-se de suas sensações agressivas ou sexuais por projeção e, como em outras claustrofobias, a necessidade de súbita evasão é uma necessidade de fugir da própria excitação, tão temida, assim que esta atingiu uma certa intensidade.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.