força central

" A força central a partir da qual, num determinado momento, se diferençou a psique individual. Essa força central passa por todas as diferenciações e separações subse­qüentes, vive em todas elas, atravessa-as para chegar à psique individual, como a única força que permanece absolutamente inalterada e indi­visa através de todas as camadas." (Jacobi, J.)
Essa força central (a que Jung chama libido primitiva) reside na própria base da estrutura global do sistema psíquico total de um indivíduo. É sinô­nimo de energia não-diferenciada, é de natureza psíquica e tem o significado geral de uma força vital.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.