Radiação emitida pelo celular pode afetar sono

Especialistas do Insituto de Massachusetts fizeram um estudo sobre a radiação emitida pelo telefone celular e os males que ela causa.
Especialistas do Insituto de Massachusetts fizeram um estudo sobre a radiação emitida pelo telefone celular e os males que ela causa.
No trabalho, 71 homens e mulheres com idades entre 18 e 45 anos foram expostos à radiação do celular enquanto dormiam. Os pesquisadores notaram que as fases iniciais do sono foram diretamente afetadas e que outras, responsáveis pela recuperação dos desgates sofridos durante o dia, também foram atingidas pelas radiações. Além disso, eles mostraram também que dormir próximo ao aparelho celular aumenta as dores de cabeça.

Pesquisas anteriores a essa mostraram outros malefícios causados pelo uso do celular. Um deles, estudado por cientistas indianos, é que o uso do celular por mais de uma hora por dia pode causar danos à audição; os voluntários começaram a confundir sons de alta freqüência e as palavras que se iniciam com as letras s, f, t e z.

Outro problema causado pelo uso intenso do aparelho foi levantado por pesquisadores insraelenses. Eles acreditam que o uso do telefone celular por apenas cinco minutos diários já pode ser suficiente para acelerar a divisão celular, processo que ocorre naturalmente quando há crescimento ou renovação de tecidos. No entanto, ela também pode provocar câncer.

Notícia retirada da fonte:

BBC Brasil

Por Carla Destro para RedePsi

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.