Pesquisa revela que insegurança no relacionamento pode diminuir imunidade

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Saúde da Itália, o sentimento de insegurança em um relacionamento pode prejudicar o sistema imunológico. O estudo mostrou que mulheres que lutam por relacionamentos íntimos e confiáveis têm sistemas imunológicos mais fracos.
Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Saúde da Itália, o sentimento de insegurança em um relacionamento pode prejudicar o sistema imunológico. O estudo mostrou que mulheres que lutam por relacionamentos íntimos e confiáveis têm sistemas imunológicos mais fracos.

Foram analisadas 61 enfermeiras abaixo de 60 anos e que não apresentavam nenhuma doença crônica ou histórico de problemas psiquiátricos; elas responderam a um questionário para descobrir se tinham algum sinal de insegurança quanto a ligações. Além disso, exames de sangue também foram feitos para medir vários marcadores da função imunológica, incluindo a habilidade das células chamadas matadores naturais – células do sistema imunológico que matam invasores, como vírus.

Os exames de sangue revelaram que as células consideradas "matadoras naturais" no sistema imunológico de mulheres não estavam funcionando bem, porém não conseguiu demonstrar se estas mulheres ficaram mais suscetíveis a doenças. Os resultados também mostraram que as mulheres com maior insegurança tinham menor atividade das células matadoras em comparação com outras participantes do estudo. No entanto, não foi observada associação com o número de células circulantes, sugerindo que existe uma mudança em como as células agiam.

Os especialistas acreditam que a habilidade de uma pessoa para estabelecer relacionamentos íntimos e confiáveis se forma na infância como resultado do relacionamento da criança com seus pais. O mesmo acontece quando se trata de casos românticos, que também podem ter um impacto no "estilo de ligação" de uma pessoa. Segundo o chefe da pesquisa, Angelo Picardi, as pessoas que têm insegurança de ligação tentam confiar em outras pessoas e depender delas, sentem-se desconfortáveis com intimidade emocional ou temem ser abandonadas.

Para Picardi, as descobertas ainda são preliminares e necessitam de mais investigação, mas afirma que o lado emocional e a maneira como ele se desenvolve e é regulado está diretamente ligado à nossa fisiologia, incluindo o sistema imunológico.

Notícia retirada da fonte:

Terra

Por Carla Destro para RedePsi

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.