Hecatônquiros

Eram deuses gigantes, filhos de Urano e Gaia, irmãos dos titãs e dos cíclopes, que possuíam cem braços e cinqüenta cabeças. Estes seres foram libertos do ventre de Gaia por Cronos, que após assumir o poder entre os deuses, trancou os hecatônquiros no tártaro, uma espécie de inferno.

Zeus, filho de Cronos, lutou contra seu pai com a ajuda de sua mãe e assumiu o reinado dos deuses. Nessa guerra contra Cronos e os outros titãs, Zeus libertou os hecatônquiros para ajudá-lo na luta. Por possuírem tantos braços, estes seres eram hábeis no arremesso de pedras, atirando tantas pedras que os Titãs acabaram achando certa vez, que a montanha por onde passavam estava desabando.

Após a luta entre os Titãs e os deuses do Olimpo, Zeus se tornou o senhor dos deuses e os hecatônquiros se estabeleceram em palácios no rio Oceanus como protetores das portas do Tártaro.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.