Adaptação Escolar: O Medo do Novo!

É. A adaptação das crianças à escola é diferente para cada um e às vezes pode ser um processo difícil e demorado, seja para o bebê, para o maiorzinho ou até para aquele que já está indo para o Ensino Fundamental. Mas o que será que podemos fazer para ajudá-las nesse processo?

O vínculo da criança com a professora e os amiguinhos pode ser lento, é preciso paciência, tranqüilidade e, às vezes, deixar a nossa insegurança de lado para poder transmitir segurança para os pequeninos.

O adulto é quem ensina a criança a distinguir o que é certo, do que não é. Distinguir o perigoso do não perigoso. Eles percebem tudo e aprendem rapidinho. Se a criança percebe que os pais têm medo, que estão inseguros de deixá-la na escola, pode entender que esse é um lugar perigoso, que não vai ser bom para ela. Isso pode prolongar ainda mais o tempo de adaptação.

Para o caso dos maiorzinhos – que também ainda são crianças conhecendo o mundo – precisa-se tentar entender o que se passa por suas cabecinhas, ouvir quais são seus receios e conversar sobre o assunto com eles. Contar também como foram as suas experiências na idade deles. Essa atenção vai deixá-los mais tranquilos e os fará perceber que não estão sozinhos, que tem alguém ao lado deles para ajudá-los na “batalha”.

No caso dos pequeninos, com quem a conversa não será eficaz, é preciso muita calma, paciência e tranquilidade.

Procure conhecer a professora e participe amplamente da vida de seu filho. As reuniões são muito importantes, até para ouvir a opinião de outros pais que podem, inclusive, dividir a experiência passada.

A escola é muito importante na vida da criança tanto no âmbito da educação, quanto no âmbito da socialização. É na interação com outras crianças que aprendem a dividir, brincar e ser criança.

E lembre-se: a escola é uma super aliada na formação e educação dos filhos. Portanto, sempre que sentir necessidade de uma conversa sobre a criança ou quiser dar uma opinião e até uma crítica aproveite essa parceria, a escola de seu filho com certeza estará sempre de portas abertas.

Comments are closed.