Estudo mostra como amamentação libera hormônio da ‘confiança’

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Warwick, na Grã-Betanha, mostrou pela primeira vez como um hormonio da ‘confiança' é liberado no cérebro da mãe durante a amamentação.
Uma pesquisa realizada pela Universidade de Warwick, na Grã-Betanha, mostrou pela primeira vez como um hormonio da ‘confiança' é liberado no cérebro da mãe durante a amamentação.

O estudo, feito em conjunto com outras universidades e institutos de Edimburgo (Escócia), França e Itália, apresenta mais provas de que a amamentação promove uma maior ligação entre mãe e bebê através de um processo bioquímico. Segundo a equipe da Universidade de Warwick, já se sabia que o hormônio oxitocina era liberado durante a amamentação, mas o mecanismo no cérebro para esta liberação ainda não tinha sido desvendado.

A oxitocina é produzida no hipotálamo, a parte do cérebro que controla a temperatura corporal, sede, fome, cansaço e a raiva. E também foi provado que a oxitocina promove os sentimentos de confiança e a redução do medo. O hormônio também produz as contrações durante o parto e causa a liberação do leite nas glândulas mamárias.

Segundo a pesquisa, em resposta à amamentação, neurônios especializados no cérebro da mãe começam a liberar o hormônio. Com o uso de um modelo matemático, os pesquisadores descobriram que esta liberação, a partir dos dendritos, permite um grande aumento na comunicação entre neurônios, coordenando um "enxame" de fábricas de oxitocina, o que produz explosões intensas dos hormônios.

Notícia retirada da fonte:

BBC Brasil

Comments are closed.