O crescente número de procura por avaliações psicológicas

A Avaliação Psicológica é uma das atividades mais utilizadas no campo da Psicologia. Atualmente, a sociedade tem dado maior importância à questão do comportamento humano.

Sucintamente, a Avaliação Psicológica, segundo o Conselho Federal de Psicologia (CFP), consiste em um processo técnico-científico de coleta de dados, estudos e interpretações de informações a respeito dos fenômenos psicológicos.

O aumento da procura pela Avaliação é notável e vem sendo adotada como uma ferramenta bastante significativa, reconhecida e aplicada em campos como:

– Processos Seletivos, onde comporta a escolha de um profissional comportamentalmente apto para determinada função;

– Orientação Vocacional, dando ao estudante uma amplitude de possibilidades que se aproximam de um funcionamento inato;

– Porte de Armas, além de exigido por lei, estabelece critérios do perfil psicológico do indivíduo, aferindo-se a uma estrutura de personalidade que o torna apto ou não à obtenção do porte de armas;

– Obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), através de testagens que verificam a condição de um desempenho adequado no trânsito;

– Concursos Públicos, visando verificar características comportamentais e equilíbrio emocional ideal com a sua formação e o exercício da profissão;

– Auxílio a Perícias Judiciais, como meio de demonstrar evidências, reconhecer e demonstrar registros psicológicos com veracidade dos fatos, procedidos de alterações que podem ser perceptivas, cognitivas e afetivas.

– Recomenda-se também que seja feita uma Avaliação Psicológica como junta multidisciplinar na realização da Cirurgia Bariátrica (redução do estômago), sendo primordial no pré e no pós-cirúrgico, com o objetivo de ajudar o paciente a conhecer e compreender melhor a si mesmo, melhorando sua adesão ao tratamento e adaptação aos hábitos de sua nova imagem corporal, descobrindo e vivenciando novos prazeres, com corpo e mente modificados, para uma qualidade de vida melhor e mais leve.

Devido aos inúmeros questionamentos acerca desta prática, o CFP editou uma resolução que define o uso, elaboração e comercialização de testes psicológicos. Para evitar uma utilização equivocada, o psicólogo deve orientar-se frente ao Sistema de Avaliação dos Testes Psicológicos (SATEPSI), que descreve os testes devidamente regulamentados, denominando sua recomendação em diferentes áreas da Psicologia. Cabe ao psicólogo utilizar somente os testes incluídos na lista dos aprovados e cumprir a resolução que rege o código de ética da sua profissão.

Sua utilização auxilia o psicólogo na identificação de problemas decorrentes da subjetividade humana e facilita a tomada de decisão tanto para diagnóstico quanto para intervenção. Uma problemática que norteia destaque é que, cada profissional apresenta uma demanda, cabendo a ele saber diferenciar e adaptar sua necessidade aos instrumentos que possui, ou seja, escolher a técnica mais apropriada face ao objetivo que se pretende alcançar.

Desta forma, a crescente procura pela Avaliação Psicológica objetiva conhecer o potencial de cada indivíduo, bem como suas competências pessoais, seguindo um critério mais específico do funcionamento da psique humana.

Ana Paula Polato
Psicóloga Clínica
CRP: 038361/14

Comments are closed.