Aprendizagem de habilidades sociais para pré-escolares: recursos de vídeo

7ª Jornada de Análise do Comportamento – UFSCar. 2008

Comodo, Camila N.[1]; Del Prette, Almir[1](O); Del Prette, Zilda A.P.[1](CO)
cami_nc@hotmail.com

[1]Departamento de Psicologia, Universidade Federal de São Carlos.

O processo de desenvolvimento da socialização é importante para crianças pré-escolares uma vez que previne diversos problemas de comportamento, além de propiciar um desenvolvimento saudável e  um relacionamento adequado com os indivíduos. As
habilidades sociais se configuram como  uma importante área a ser aprendida para o sucesso da socialização, pois podem ser relacionadas a uma melhor qualidade de vida sendo um fator de proteção de déficits em relações interpessoais e problemas de comportamento. O aprendizado de habilidades sociais pode ocorrer de forma natural. Contudo, problemas no desenvolvimento aumentam  os fatores de risco a déficits. Nesse caso, pode ser necessário um Treinamento de Habilidades Sociais com as crianças, de uma forma que seja atrativa e motivadora aos pré-escolares. Uma alternativa encontrada em diversos estudos são os recursos audiovisuais, que prendem a atenção da criança e propiciam um aprendizado significativo. O presente estudo pretende elaborar um recurso audiovisual que propicie o aprendizado de habilidades sociais relevantes na infância por meio de modelação, de acordo com a Teoria Social de Bandura, possibilitando o ensino habilidades sociais aos pré-escolares. Para tal, foram necessárias etapas de procedimento desde a pré-produção, a produção, as filmagens e a pós-produção para que o recurso audiovisual fosse produzido. O material contém seis cenas nas quais a personagem principal se depara com situações que exigem um comportamento socialmente habilidoso (fazer pedidos, recusar oferta de carona,  solucionar uma briga entre amigas, ajudar uma senhora a atravessar a rua, fazer pedidos  e fazer convites). A narradora expõe as alternativas de comportamento e a criança  emite uma resposta sendo consequenciada de acordo com ela. Por fim, na tentativa de testar o método de aprendizagem proposto, foi realizada a aprovação do mesmo por juízes e crianças da faixa etária da população alvo. Em relação aos juízes, em cinco das seis cenas, houve concordância entre o que a pesquisadora colocou como sendo os objetivos da situação e o que os juízes relataram ser as habilidades sociais relacionadas com a  cena. Em relação à aprovação pela população alvo, ainda encontra-se sob estudo.  

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.