“A intervenção clínica da Análise do Comportamento e a questão do comportamento verbal”

“Comportamento verbal e clínica analítico-comportamental: incompatíveis?”


8ª Jornada de Análise do Comportamento – UFSCar – 2009


Palestrante: Roberto Alves Banaco Pontifícia
Universidade Católica (São Paulo); Núcleo Paradigma (São Paulo)
Resumo:

Alguns críticos da abordagem analítico-comportamental têm indicado incongruências entre os princípios da análise do comportamento e a intervenção que temos desenvolvido em gabinete. Tais críticas, além de desprezarem uma prática que tem se firmado ao longo do tempo como uma das mais eficientes no manejo do comportamento humano, desprezam também os esforços para que os estudos em pesquisa básica sobre o comportamento verbal possam de alguma maneira indicar os caminhos de análise e explicação para esses resultados. Extensos estudos sobre comportamento verbal na área de correspondência, controle pela audiência, modelagem sobre relatos de eventos, bem como os estudos sobre equivalência e quadros relacionais têm demonstrado que o controle verbal, além de ser bastante proeminente sobre o responder de humanos é (segundo Glenn) a “cola” que mantém as práticas culturais. Com bases em alguns desses estudos, argumenta-se que a terapia de base verbal possa indicar e obter bons caminhos de mudança de comportamento.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.
Comments are closed.