“A intervenção clínica da Análise do Comportamento e a verbal” questão do comportamento verbal”

“Determinação e função do comportamento verbal em situação clínica”

8ª Jornada de Análise do Comportamento – UFSCar – 2009


Palestrante: Hélio José Guilhardi
Instituto de Terapia por Contingências de Reforçamento (Campinas)
Resumo:

Comportamento verbal é comportamento regido pelas mesmas leis que regulam qualquer comportamento. A tarefa do terapeuta é determinar de que o comportamento verbal do cliente é função. Diferentemente das concepções tradicionais do comportamento verbal, o significado daquilo que é dito não deve ser buscado na topografia do comportamento, mas nas contingências de reforçamento que o evocam. Acrescente-se que entre tais contingências de reforçamento incluem-se os comportamentos do terapeuta, quer como falante, quer como ouvinte. Como tal, o terapeuta pode contribuir para minimizar, bem como para modelar e manter comportamentos-problema do cliente. Os comportamentos verbais permitem ao terapeuta compor as contingências de reforçamento que estão operando no cotidiano do cliente e, através da aplicação de várias técnicas, influenciá-las na direção desejada. A fidedignidade do relato verbal do cliente pode ser aferida pelo funcionamento das contingências de reforçamento sistematizadas com base em tais relatos. A referência, que permite identificar o funcionamento das contingências de reforçamento, pode ser encontrada na Ciência do Comportamento. As concepções expostas serão ilustradas com exemplos de interações entre cliente e terapeuta.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.