“Construção de empreendimentos solidários e contingências de Solidária?” reforçamento: é possível a construção de uma Economia Solidária?”

“Intervir em processos psicológicos no âmbito de organizações: servem ou não são suficientes os conceitos e procedimentos produzidos pelas análises e sínteses experimentais do comportamento?”

8ª Jornada de Análise do Comportamento – UFSCar – 2009

Palestrante: Silvio Paulo Botomé
Universidade Federal do Santa Catarina (Florianópolis)

Resumo:

A intervenção sobre variáveis que constituem e determinam processos comportamentais em contextos de organizações ou instituições exigem mais do que aquelas realizadas sobre comportamentos de organismos individuais ou de grupos em contextos clínicos, familiares ou educacionais. Em primeiro lugar porque envolvem e dizem respeito não mais a apenas um conjunto de pessoas, mas a seus comportamentos orientados por algo em comum: os objetivos de uma organização que, por sua vez, pode ser identificado, formulado, aprendido e estar presente em graus variados na apresentação de cada comportamento de cada componente de uma organização. Em segundo lugar, porque as contingências sejam as de classes de estímulos antecedentes, sejam das classes de respostas, sejam as que configuram as classes de estímulos conseqüentes são constituídas ou determinadas por variáveis diferentes daquelas que usualmente fazem parte das áreas de conhecimento mais próximas da Psicologia ou familiares aos psicólogos. Também as variáveis relativas às contingências que poderiam funcionar como reforçadoras dos comportamentos de interesse em várias instâncias de uma organização nem sempre são familiares ou estão ao alcance do psicólogo. Isso em si exige um balanço e um reordenamento conceitual constante e uma capacidade de entender a função dos conceitos de Análise e de Síntese Experimentais do comportamento com muita clareza e precisão. A pergunta-chave para um psicólogo que atua em um contexto organizacional – ou mesmo de um sistema de organizações – é “o que muda, se é que muda, do que usualmente é feito em outros contextos para lidar com os processos comportamentais de vários tipos que se misturam e combinam de formas variadas em um contexto organizacional. As experiências conhecidas já mostram uma alta eficácia dos conceitos da Análise e da Síntese Experimentais do Comportamento nesses contextos e vale a pena avaliar com atenção as variáveis manejadas pelos psicólogos que atuam nesses contextos e os aspectos constituintes de seus procedimentos, assim como os resultados que obtém, sempre no âmbito do que diz respeito aos processos comportamentais que interessam, constituem ou determinam o que acontece nas organizações.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.