Consumo exagerado de café pode provocar alucinações

Você já ouviu uma música quando ninguém estava tocando? Viu o rosto de alguém onde não havia nada ou sentiu a presença de uma pessoa e, ao se virar, o lugar estava vazio? Se você consumiu muita cafeína – o equivalente a 7 xícaras – você tem 3 vezes mais chances de ouvir “coisas” do que se tivesse consumido menos de uma. Essa é a conclusão de psicólogos da Universidade de Durham, na Inglaterra. Estudos recentes mostram que a ingestão exagerada do estimulante aumenta
levemente as chances de alucinações.

Você já ouviu uma música quando ninguém estava tocando? Viu o rosto de alguém onde não havia nada ou sentiu a presença de uma pessoa e, ao se virar, o lugar estava vazio? Se você consumiu muita cafeína – o equivalente a 7 xícaras – você tem 3 vezes mais chances de ouvir “coisas” do que se tivesse consumido menos de uma. Essa é a conclusão de psicólogos da Universidade de Durham, na Inglaterra. Estudos recentes mostram que a ingestão exagerada do estimulante aumenta
levemente as chances de alucinações.

A cafeína aumenta os efeitos fisiológicos do stress, diz Simon Jones, um dos pesquisadores. Quando alguém está ansioso, o corpo libera o hormônio cortisol e quando as pessoas bebem muito café, chá ou refrigerante (com cafeína), o corpo produz mais desse hormônio ao encontrar um evento estressante. Os pesquisadores propuseram que o cortisol pode desencadear ou exageram experiências psicóticas, aumentando a quantidade do neurotransmissor dopamina nas regiões límbicas do cérebro, envolvidas em emoções, memória e comportamento.

"A prevalência de alucinações é maior do que as pessoas imaginam", diz Jones. O pesquisador mostra que a cada ano de 5 a 10% das pessoas – muitas sem qualquer doença mental – experimentam ilusões, como ouvir vozes ou ver coisas que não estão ali. De acordo com Jones muitas pessoas tem alucinações freqüentes, mas, ainda assim, conseguem lidar com essas experiências.

Mais pesquisas precisam ser feitas antes que as alucinações possam ser atribuídas diretamente à cafeína; é possível que pessoas que já viram, ouviram ou sentiram essas ilusões estejam consumindo mais cafeína por alguma outra razão, ainda desconhecida, como a automedicação. Jones e outros cientistas também planejam investigar se outras influências nutricionais, por exemplo, açúcar e gordura, podem ter um papel no desencadeamento de visões e sons fantasmagóricos.

Fonte: Mente & Cérebro

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.