MEC retira 1.766 bolsistas do ProUni

O MEC (Ministério da Educação) cancelou nesta quarta-feira 1.766 bolsas de estudo do ProUni e retirou 15 universidades privadas do programa, que oferece bolsas a alunos de baixa renda que pretendem estudar em instituições particulares.

O MEC (Ministério da Educação) cancelou nesta quarta-feira 1.766 bolsas de estudo do ProUni e retirou 15 universidades privadas do programa, que oferece bolsas a alunos de baixa renda que pretendem estudar em instituições particulares.

A Secretaria de Educação Superior decidiu pela suspensão após fazer um cruzamento das informações do cadastro de bolsistas com outros bancos de dados, como a Rais (Relação Anual de Informações Sociais), o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) e dados de universidades federais. No caso das instituições, a supervisão monitorou a regularidade da oferta e ocupação das bolsas.

O cruzamento com base na Rais apontou a existência de 1.934 bolsistas com indícios de possuírem rendimentos incompatíveis com o perfil do ProUni. Em 561 casos as irregularidades foram comprovadas e as bolsas canceladas –nos demais casos foram apresentados documentos ou havia erro nos dados.

No Renavam, foram encontrados 1.699 bolsistas com veículos em seu nome. Ao todo, 598 estudantes perderam a bolsa após a comprovação de possuírem veículos –nos demais casos a posse não caracterizou patrimônio incompatível com as regras do programa, segundo o MEC.

O cruzamentos dos dados também identificou outros casos que ferem as regras do ProUni: 34 já tinham concluído curso superior, 631 estavam matriculados em universidade pública e outros 58 apresentavam mais de uma irregularidade.

Segundo o MEC, em todas as situações as bolsas foram canceladas depois da notificação dos estudantes e a verificação da documentação apresentada. O ProUni tem hoje 396.673 estudantes com bolsas ativas.

Fonte: BOL Notícias

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.