Incenso contra depressão

Substância química encontrada no produto pode reduzir ansiedade

Substância química encontrada no produto pode reduzir ansiedade

A queima de incenso acompanhou cerimônias e rituais religiosos desde tempos ancestrais. Seu uso pode ser mais do que simbólico. No entanto, um novo estudo sugere que uma substância química comumente encontrada nesse produto pode ter efeitos antidepressivos.

O pesquisador Raphael Mechoulam, da Universidade Hebraica de Jerusalém, e seus colegas estudaram os efeitos do acetato incensole, um componente da planta Boswellia. Essa resina, mais conhecida como olíbano, é um ingrediente frequentemente usado na fabricação de incensos. A substância reduziu a ansiedade e os sintomas depressivos em ratos: animais que tomaram a injeção tiveram menos medo de espaços abertos em comparação com cobaias que receberam placebo. “O acetato incensole é uma droga branda: dez vezes menos potente do que o Valium na redução de ansiedade. Durante cerimônias religiosas, as pessoas que inalam mais fumaça são provavelmente os únicos que sentem seus efeitos”, diz Mechoulam.

Ele reconhece, porém, que o estudo da substância, sintetizada em fórmulas mais potentes, pode levar a novos tratamentos para ansiedade e depressão.

Fonte: BOL Notícias

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.