RedePsi - Psicologia

Notícias

Estudo questiona o tempo excessivo em frente às telas com problemas de relacionamento

Uma pesquisa recente entre jovens buscou relacinar o tempo gasto na Tv e no computador com problemas de relacionamentos interpessoais, pois atrás da telinha, as pessoas criam muitas vezes bloqueios sociais, e acabam vivendo uma vida virtual, onde nada é real, se fechando para o mundo. Por esta questão ser tão relevante nos dias atuais, a pesquisadora doutora Rose Richards, da Universidade de Otago, na Nova Zelândia conclui através de uma pesquisa que "Olhar para qualquer tela por muito tempo é prejudicial, e nós aconselhamos que os pais se mantenham ao limite de tempo recomendado ou menos que duas horas por dia.

Uma pesquisa recente entre jovens buscou relacinar o tempo gasto na Tv e no computador com problemas de relacionamentos interpessoais, pois atrás da telinha, as pessoas criam muitas vezes bloqueios sociais, e acabam vivendo uma vida virtual, onde nada é real, se fechando para o mundo. Por esta questão ser tão relevante nos dias atuais, a pesquisadora doutora Rose Richards, da Universidade de Otago, na Nova Zelândia conclui através de uma pesquisa que "Olhar para qualquer tela por muito tempo é prejudicial, e nós aconselhamos que os pais se mantenham ao limite de tempo recomendado ou menos que duas horas por dia.

O estudo fui baseado em um questionário aplicado a 3.043 adolescentes neozelandeses de 14 e 15 anos sobre o estilo de vida dos jovens, onde as questões eram sobre o que faziam nas horas livres, e fizeram uma avaliação sobre a sua relação com pais e colegas, e o resultado foi que ficar excessivamente no computaro ou na Tv causa prejuízos na condulta moral e social do indivíduo.

Veja a reportágem abaixo

Fonte: BOL Notícias

Acesso à Plataforma

Assine a nossa Newsletter