Avaliando o Padrão de Resposta de Sujeitos Experimentais em Sistemas Abertos e Fechados

Jessica Marcela Marques Campos; Débora Borges dos Santos; Jessica Nianne Maciel e Silva; Matheus Felipe Carvalho Silva; Thaís Fagundes Araújo; Natália Gontijo de Melo; Camila Graciella Santos Gomes camilagsg@gmail.com Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais- Betim

Os princípios da análise do comportamento têm sido utilizados na investigação do comportamento de consumo, inclusive na análise experimental do comportamento, com sujeitos não humanos em laboratório. Os estudos da área indicam que as investigações com animais em situações de laboratório podem fornecer testes empíricos para conceitos e princípios econômicos não testados experimentalmente. Considera-se que situações experimentais são sistemas econômicos que podem ser caracterizados como “abertos” ou “fechados”. Nos sistemas abertos o sujeito experimental pode receber reforçadores dentro e fora da situação experimental, diferentemente dos sistemas fechados no qual o sujeito recebe reforçadores apenas na situação experimental. A diferença nos sistemas econômicos pode gerar padrões comportamentais de consumo distintos. O objetivo deste estudo é avaliar o padrão de resposta de consumo de água de dois ratos albinos da raça Wistar, mantidos em sistemas econômicos abertos e fechados. O estudo foi realizado em laboratório experimental com o uso de duas caixas de Skinner. Utilizou-se um delineamento de reversão A-B com sujeito único e os resultados indicaram diferença significativa no padrão de consumo dos sujeitos nas duas situações experimentais, com maior número de respostas quando expostos ao sistema econômico fechado. Os dados sugerem que a diferença na liberação de reforçadores nos sistemas econômicos avaliados influenciou o padrão de consumo dos sujeitos experimentais.   

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.