Explicitando a estrutura conceitual existente entre a análise e a interpretação comportamentais segundo o comportamentalismo radical de B. F. Skinner

Paulo Roberto dos Santos Ferreira Universidade Federal de São Carlos

A análise comportamental skinneriana envolve dois tipos de atividades interligadas: a análise experimental, definida pela investigação das regularidades presentes no comportamento dos organismos por meio do controle e manipulação experimentais, e a interpretação comportamental, por sua vez caracterizada pela formulação de explicações, com os subsídios fornecidos pela investigação experimental, dos complexos fenômenos comportamentais que ocorrem em situações naturais, não sujeitos diretamente à análise experimental. Assumindo-se a importância teórica desse aspecto do Comportamentalismo Radical de B. F. Skinner, serão explicitadas as noções que fundamentam a relação entre tais atividades. Pretende-se, por meio desse empreendimento, realizar uma caracterização da estrutura conceitual necessária para a garantia da consistência teórica entre proposições analíticas e interpretativas. 

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.