Gestão do Comportamento em Organizações: discussões sobre relatos de pesquisas e aplicações

Elen Gongora Moreira Centro Universitário Filadelfia

A ampliação da Análise Experimental do Comportamento para o contexto organizacional deu origem à área de Organizational Behavior Management (OBM) que tem como fundamentação tecnológica as pesquisas em Análise Aplicada do Comportamento, sustentada na filosofia do Nada ainda… Behaviorismo Radical. Atualmente uma das principais referências para a divulgação da produção científica na área de OBM é o Journal of Organizational Behavior Management (JOBM), periódico que publica pesquisas, intervenções e assuntos relacionados à área. O objetivo geral desta apresentação é divulgar a caracterização da produção científica na área de OBM discutindo alguns relatos de pesquisa publicados no JOBM e as intervenções mais comuns realizadas na área. De acordo com a política editorial, os relatos de pesquisas publicados no JOBM se caracterizam por: serem aplicados; realizarem mensuração através de observação e registro direto e preciso do comportamento; empregarem delineamento experimental de sujeito único; demonstrarem quais são os eventos responsáveis pela ocorrência ou não do comportamento observado, ou seja, as aplicações devem ser pertinentes a princípios comportamentais; conterem descrições detalhadas do procedimento, de modo a permitir sua replicação apenas pela leitura da descrição do procedimento; empregarem medidas de validação social da eficácia de uma aplicação; empregarem medidas de análise custo-benefício das demonstrações e explicações sobre os problemas que cessaram ou diminuíram; conterem registros de follow-up que permitam avaliar a durabilidade das mudanças ocorridas após a intervenção. Os relatos de pesquisa publicados tiveram como problemas aplicados mais investigados: produtividade e qualidade, satisfação do cliente, saúde e segurança, taxa de desempenho e produtividade, treinamento e desenvolvimento. As intervenções mais comuns publicadas são: sistema supervisionado de feedback, goal setting, task clarification, sistemas de remuneração e treinamento. Observou-se também que os relatos de aplicação publicados que relacionavam o CEP (Controle Estatístico de Processos), OBM (Gestão do Comportamento em Organizações) e Teoria de Deming (Teoria D) possuíam pontos de convergência entre as propostas analisadas a importância do Gestor (líder) nos processos de garantia da qualidade, utilização de padrões de referência para a avaliação dos critérios esperados e o emprego de gráficos de controle. Em contrapartida houve divergência em relação aos fatores que são mais importantes para a obtenção da qualidade em que podem ser causas de problemas: o equipamento, matéria prima ou o repertório comportamental dos colaboradores; as estratégias de resolução de problemas; e a atribuição de causas normais ou anormais como explicação para a variação do sistema. Esta informação é relevante devido a popularidade da aplicação do CEP nas intervenções em OBM. 

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.