Terapia Comportamental aumenta efetividade do tratamento de enxaqueca

É o que conclui o estudo realizado por Elizabeth Seng e Kenneth Holroyd, da Universidade de Ohio, EUA.

É o que conclui o estudo realizado por Elizabeth Seng e Kenneth Holroyd, da Universidade de Ohio, EUA.

Foram comparadas diversas combinações de tratamento em pacientes com enxaqueca e os resultados demonstram que aqueles que fizeram também acompanhamento com terapeuta comportamental, além do uso dos medicamentos, apresentaram melhoras mais significativas no quadro e maior confiança em sua habilidade em lidar com as crises.

A Terapia Comportamental proporcionava aos pacientes um aumento na sensação de controle da situação e, consequentemente mais atentos às crises, maior facilidade de controlar respostas emocionais diante delas e redução no medo das crises serem causadas aleatoriamente, já que por meio deste modelo psicoterápico, o paciente desenvolve consciência e assume o controle sobre as variáveis desencadeantes de seu problema.

Fonte: Portal O Que Eu Tenho.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.