Luz à noite pode causar depressão, indica estudo.

Um grupo de cientistas americanos constatou que a exposição a luz durante a noite gera alterações fisicas no hipocampo, estrutura do cérebro que desempenha papel fundamental no controle das emoções. Estas alterações, por sua vez, contribuem para o aparecimento da depressão.

Um grupo de cientistas americanos constatou que a exposição a luz durante a noite gera alterações fisicas no hipocampo, estrutura do cérebro que desempenha papel fundamental no controle das emoções. Estas alterações, por sua vez, contribuem para o aparecimento da depressão.

O estudo foi realizado com Rammsters e seus resultados demonstraram que uma exposição à luz à noite, por mais fraca que seja, provoca comportamento depressivo nestes animais. Após 8 semanas de exposição, também são observadas mudanças físicas no cérebro, as quais, de acordo com os cientistas, explicam o comportamento depressivo.

No desenvolvimento da pesquisa, metade dos sujeitos experimentais foi introduzida em um habitáculo onde foram expostas a um ciclo de 16 horas de luz e oito horas de escuridão total, e a outra metade a 16 horas de luz diurna e oito horas de iluminação tênue. Passadas 8 semanas nestas condições, observou-se que o grupo que esteve exposto à iluminação apresentou mais sintomas depressivos do que o outro grupo e, além disto, em exame do hipocampo, observou-se também que estes possuiam uma densidade menor das células responsáveis pela "transmissão de mensagens" no cérebro.

A explicação mais plausível para o evento, de acordo com os cientistas, é de que a mudança registrada no cérebro dos pequenos rammsters decorre de uma deficiência de melatonina, hormônio que deixa de ser excretado quando há luz.

Fonte: Uol Notícias.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.