Psicóloga carioca some e é encontrada no porta malas de um carro.

A psicóloga Karen Tannhauser desapareceu no dia 31 de dezembro e só foi encontrada hoje, pelo marido da síndica de seu prédio, no porta malas de um  Palio Weekend.

A psicóloga Karen Tannhauser desapareceu no dia 31 de dezembro e só foi encontrada hoje, pelo marido da síndica de seu prédio, no porta malas de um  Palio Weekend.

Ela estava sob dose exagerada de medicamentos, provavelmente antidepressivos, que vinham sendo usados por ela há algum tempo. Ao ser encontrada, fazia referência à sua irmã e não falou dos pais e nem do namorado – última pessoa a vê-la antes de seu desaparecimento.

Ainda confusa, por causa dos medicamentos, não prestou depoimento formal. De acordo com a delegada que cuida do caso, assim que Karen apresentar melhora no quadro clínico ela irá depor; e, com base em seu depoimento, será ou não submetida a exame de corpo de delito. Informa ainda que novas testemunhas não serão ouvidas e que, por enquanto, acredita que o caso pode ser encerrado.

Fonte: Revista Veja.

Comments are closed.