Fumaça do cigarro causa danos assim que é inalada

De acordo com o estudo publicado na "Chemical Research in Toxicology”, a fumaça do cigarro começa a causar danos genéticos cerca de 1 minuto após inalada.

De acordo com o estudo publicado na "Chemical Research in Toxicology”, a fumaça do cigarro começa a causar danos genéticos cerca de 1 minuto após inalada.

Vários estudos já apontavam que os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAPs),substâncias danosas presentes no cigarro, são um dos principais responsáveis pelocâncer de pulmão. Até o momento, entretanto, ainda não havia se descoberto como é que as substâncias causavam danos genéticos nos seres humanos.

No estudo mencionado, os cientistas acompanharam os efeitos dos HAPs em 12 voluntários fumantes. Descobriram que esse hidrocarboneto rapidamente forma uma substância tóxica no sangue, que estraga o DNA das células, causando mutações que podem causar câncer.

Os fumantes desenvolveram níveis máximos dessa substância em um tempo que surpreendeu os pesquisadores: entre 15 e 30 minutos após a inalação da fumaça. Os cientistas afirmam que o efeito é tão rápido como quando se aplica a droga diretamente no sangue.

Fonte: Portal G1

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.