Alcool mata mais que Aids, Violência e Tuberculose

De acordo com a OMS, quase 4% de todas as mortes no mundo são atribuídas ao álcool. A bebida é associada a diversas questões sérias, como a violência, negligência infantil e abusos, acidentes automobilísticos, diversas doenças, faltas no trabalho, entre outras coisas.

De acordo com a OMS, quase 4% de todas as mortes no mundo são atribuídas ao álcool. A bebida é associada a diversas questões sérias, como a violência, negligência infantil e abusos, acidentes automobilísticos, diversas doenças, faltas no trabalho, entre outras coisas.

A Organização divulgou nesta sexta feira um relatório detalhando números sobre o álcool. De acordo com o documento, a bebida causa 2,5 milhões de mortes todo ano. No grupo entre 25 e 39 anos, 320 mil pessoas morrem por problemas relacionados ao álcool, o que equivale a 9% de todas as mortes desta faixa etária.

O relatório da OMS lembra ainda que o álcool não prejudica apenas a vida de quem o consome, mas também daqueles que se relacionam com estas pessoas.Alguém intoxicado, no trânsito, coloca a vida de várias outras pessoas em risco. Afeta negativamente sua relação com colegas de trabalho, amigos, familiares e até mesmo desconhecidos.

O texto do Portal G1 diz que a OMS recomenda que os governos regulem o mercado de venda de bebidas, em particular para pessoas mais jovens. Também sugere regulações e restrições à disponibilidade do álcool, políticas apropriadas para se evitar que motoristas dirijam bêbados e a redução da demanda, com impostos mais altos. Afirma ainda que é preciso que os governos forneçam tratamento para pessoas com problemas com o álcool e implementem programas e intervenções breves diante do uso perigoso e prejudicial da bebida.  A íntegra do relatório está disponível no site da OMS, em inglês (http://www.who.int).

Fonte: Portal G1.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.