Representação Social da Agressão contra Mulheres entre Magistrados

O estudo foi realizado por pesquisadores da Universidade Federal do Acre e teve como objetivo identificar as representações sociais de juizes de direito a respeito da violência contra a mulher, de modo a compreender como estas influenciam suas decisões nos julgamentos sobre o assunto.

O estudo foi realizado por pesquisadores da Universidade Federal do Acre e teve como objetivo identificar as representações sociais de juizes de direito a respeito da violência contra a mulher, de modo a compreender como estas influenciam suas decisões nos julgamentos sobre o assunto.

Os pesquisadores analisaram o conteúdo de 15 sentenças, proferidas entre setembro de 2006 e agosto de 2007; anos correspondentes ao primeiro ano de vigência da lei 11.340/2006, conhecida como Maria da Penha.

Os resultados das análises indicaram que os magistrados percebem, em geral, a violência contra as mulheres como um elemento constitutivo das relações de gênero; ou seja, como algo normal, comum, que não oferece risco às mesmas e, portanto, não se configura crime.

Fonte: Revista Estudos em Psicologia.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.