Advogada paulista paga para ser assassinada

A advogada Giovana Mathias Manzano (35), diagnosticada com depressão, pagou um pistoleiro para matá-la, neste último mês.

A advogada Giovana Mathias Manzano (35), diagnosticada com depressão, pagou um pistoleiro para matá-la, neste último mês.

Ela foi encontrada em um canavial, junto a uma carta em que se despedia dos familiares.

A polícia descobriu que, desde seu divórcio, em fevereiro, Giovana sofria de depressão e procurava um pistoleiro para matá-la. Seu corpo foi encontrado no dia 14 de junho em canavial, com três tiros na nuca.

Com informações: Estadão.br

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.