São Paulo deve oferecer transporte especializado a autistas

Defensoria Pública do Estado de São Paulo obtém liminar que obriga o estado a oferecer transporte especializado para autistas, no trajeto de suas casas ao local em que recebem tratamento.

Defensoria Pública do Estado de São Paulo obtém liminar que obriga o estado a oferecer transporte especializado para autistas, no trajeto de suas casas ao local em que recebem tratamento.

Quem entrou com a ação judicial foi a defensora pública Renata Tibyriçá, que explica:

"A pessoa com autismo tem dificuldade de ficar aglomerada ou com muitas pessoas. Elas também podem ter comportamentos que, muitas vezes, não são compreendidos pelas pessoas. E esses comportamentos podem ser aflorados em situação de grande aglomeração, como no metrô e no ônibus."

O juíz responsável pela decisão, Henrique Rodriguero Clavisio, da 10ª Vara da Fazenda Pública, diz que é dever do estado não só garantir saúde e educação para esta população, mas provê-las de transporte adequado.

Com informações. Estadão.

,

Comments are closed.