Renato Gaúcho diz que não irá atender ao pedido de retratação do CRP

As declarações de Renato Gaúcho não foram bem aceitas pelo Conselho Regional de Psicologia do Paraná e pela Sociedade Brasileira de Psicologia do Esporte, que enviaram um ofício ao clube pedindo retratação formal do técnico. O clube e o treinador tem um prazo de 60 dias para se manifestarem, caso contrário, o CRP irá abrir um processo por Exercício Ilegal da Profissão de Psicólogo.

Renato Gaúcho avisou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não pretende se manifestar sobre o ocorrido.  O processo, caso ocorra, seria contra o clube e não contra ele.

O presidente do Atlético PR não concorda. Ele explica que o clube não tem que fazer retratação nenhuma, pois este, seria um problema do Renato.

Com informações Terra Esportes.

Comments are closed.