Equipe pré-hospitalar móvel apresenta baixa incidência de estresse

A pesquisa foi realizada junto a profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência na cidade de Poços de Caldas, Minas Gerais. Envolveu 63 participantes, de ambos os sexos, com média de idade de 32, 6 anos.

Os participantes responderam uma ficha de dados sóciodemográficos e o inventário de stress para adultos Lipp. Os dados encontrados apontam que apenas 31,7% dos participantes apresentam sintomas de estresse, dentre os quais, 30,2% apresentam sintomas físicos.

Os autores da pesquisa concluíram que os indivíduos apresentam baixos níveis de estresse e adotam estratégias cognitivas e comportamentais para lidar com ele, o que minimiza seus efeitos.

O estudo pode ser acessado na íntegra neste link: aqui.

Comments are closed.