Mitos e crenças sobre o casamento

Em pleno século 21, as igrejas e os cartórios estão cada vez mais cheios. Os números de casamento nunca foram tão grandes….e os de separações e divórcios também.

Se você ainda ama seu parceiro, mas está passando por uma crise, saiba que vale a pena continuar e que são nas crises que o casamento sai fortalecido e temos a oportunidade de superação e evolução, nos aprimorando cada vez mais para a felicidade da vida a dois.

Em pleno século 21, as igrejas e os cartórios estão cada vez mais cheios. Os números de casamento nunca foram tão grandes….e os de separações e divórcios também.

O homem nasceu para viver em sociedade e desde nossos ancestrais vemos esta sociedade crescer, se procriar, evoluir. Sabemos que a mulher cuidava da cria enquanto o homem provia a comida. Podemos imaginar a cena da mulher aguardando seu homem trazer a caça, a pesca e a colheita para alimentação dos filhos.

Desde então, muita coisa mudou, mas o desejo dos homens de constituir família continua o mesmo. Não vou entrar aqui em estudos sobre monogamia ou poligamia ou sobre a maneira como o homem vem evoluindo desde então na sociedade. Quero tratar de nossa sociedade contemporânea, esta que casa e descasa todos os dias, mas que trouxe de nossos ancestrais o desejo de viver em comunidade.

Vemos todos os dias casais serem feitos. Homens, mulheres, gays ou héterossexuais, em busca da felicidade no relacionamento afetivo. Vemos crianças crescendo ouvindo contos de fadas e o famoso "felizes para sempre". Mas o que isto quer dizer ?

É comum recém casados serem alvo de piada de casais já casados há algum tempo, comentando : "Casamento é que nem morango com chantily. O chantily é doce e gostoso, mas está somente no topo da sobremesa. Quando o chantily acaba, vem o morango amargo, que será como todo o resto do seu casamento. O chantily só dura nos primeiros meses."

Em que se baseia esta crença ? Por que a maioria das pessoas pensa assim ? Que informações temos recebido de nossos pais, avós e bisavós sobre o casamento ? Ao nosso redor vemos casamentos bem ou mal sucedidos ? Por que dizem que quem está fora do casamento quer entrar e quem está dentro quer sair ?

Independente de suas reflexões e respostas sobre as questões acima, gostaria de ressaltar que um casamento feliz é possível sim ! Que existe uma riqueza na construção de uma vida a dois que não tem preço e que representa um ganho significativo em nossas realizações pessoais.

Se você ainda ama seu parceiro, mas está passando por uma crise, saiba que vale a pena continuar e que são nas crises que o casamento sai fortalecido e temos a oportunidade de superação e evolução, nos aprimorando cada vez mais para a felicidade da vida a dois.

Comments are closed.