HDLS tem sido subdiagnosticada e pode ser mais comum do que se pensa

É o que concluiu a equipe liderada por Zbigniew Wszolek, que  descobriu que a  leucoencefalopatia difusa hereditária com esferoides (HDLS), doença que destrói a massa branca do  cérebro, tem sido confundida com doenças como esquizofrenia, mal de parkinson e outras demências.

Até o momento ela só pode ser diagnosticada por meio de biópsia ou necrópsia, mas a esperança dos pesquisadores é que em breve seja possível fazer mapeamento genético da doença, e assim, diagnosticá-la por meio de um simples exame de sangue.

Com informações G1.

Comments are closed.