Avaliação do comportamento do familiar enquanto monitor de um programa informatizado de ensino de leitura e escrita – Priscila Benitez; Camila Domeniconi

O programa informatizado de ensino de leitura e escrita empregado no presente estudo tem sido largamente utilizado em ambiente controlado de laboratório, em situação escolar e residencial, com resultados positivos no ensino de habilidades básicas de leitura e escrita. A aplicação das sessões desse programa requer a presença de um monitor treinado para tal finalidade. Assim, o presente estudo teve como objetivo avaliar o comportamento do familiar enquanto monitor do programa no contexto residencial, por meio da aplicação semanal de um questionário desenvolvido para esse fim e da análise das sessões filmadas ao longo das supervisões. Foi fornecido um computador com o programa para a aplicação da sessão e implementado um esquema de treinamento e supervisão em cada residência. Participaram dessa investigação cinco familiares responsáveis por cinco aprendizes com deficiência intelectual, expostos ao programa em suas residências. O questionário contemplou quatro questões, que permitiram avaliar o comportamento do monitor em termos de dicas fornecidas aos aprendizes durante a aplicação das sessões, frequência de aplicação das sessões, dificuldades encontradas na aplicação e auto-avaliação realizada pelo monitor. O número de dicas reduziu conforme o aprendiz atingia os critérios de ensino, evidenciando maior eficiência do programa no controle do comportamento do aprendiz, em relação ao controle exercido pelo monitoramento dos familiares. Com exceção de um monitor, os demais aplicaram as sessões conforme o planejado (no mínimo três vezes por semana). Houve correlação entre o número de supervisão e o número de aplicação das sessões. Dentre as dificuldades registradas podem-se destacar: problemas técnicos; dificuldades na compreensão da tarefa e dificuldades de interação com o aprendiz. Com relação a auto-avaliação, verificou-se que todos atribuíram notas inferiores a oito no início da aplicação e ao longo das sessões essas notas aumentaram-se, alcançando notas entre 9,0 e 10,0 nas últimas semanas de aplicação. Essas medidas demonstraram que os monitores perceberam melhoras em seus próprios desempenhos e, proporcionalmente, aumentaram os valores atribuídos aos próprios desempenhos. O estudo mostrou que a presente investigação ofereceu índicios sobre o comportamento do monitor na situação resdiencial, o que pode auxiliar na elaboração de treinamentos futuros de monitores que possam vir a monitorar o programa em contexto aplicado.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.