A reorganização de contingências entre professor e aluno

Estudo desenvolvido pelas psicólogas Juliana Ferreira da Rocha e Kester Carrara e publicado no periódico Psicologia Escolar e Educacional teve como objetivo avaliar os efeitos de um programa instrucional realizado com duas docentes do ensino fundamental sobre a aquisição de repertórios comportamentais específicos de seus alunos; Os efeitos de tal programa foram verificados a partir de avaliações anteriores e posteriores a intervenção, concluindo que a intervenção foi efetiva no desenvolvimento de repertório de comportamentos pró-eticos dos estudantes.

O estudo fora realizado com duas professores de classes distintas da primeira série do ensino fundamental e com 24 alunos, escolhidos aleatoriamente, das respectivas professoras; Os alunos possuíam entre seis a oito anos, sendo separados em duas salas; Com isso, realizou-se primeiramente uma etapa de avaliação onde fora utilizado o  Inventário Multimídia de Habilidades Sociais para Crianças (IMHSC) e se estabelecendo um rapport com as crianças (reduzindo sua ansiedade inicial e criando motivação para o teste); Após isso, foram realizadas cinco sessões entre a pesquisadora e a primeira professora, onde na primeira parte de cada sessão o projeto fora apresentado e os comportamentos pró-eticos e pró-sociais  foram definidos, além da dessensibilização da professora e dos alunos em relação a presença da pesquisadora na sala de aula; Nos encontros que se seguiram, foram discutidos os temas: Expressar sentimentos positivos, elogiar, dar e receber feedback positivo, agradecer; Expressar desagrado e pedir mudança de comportamento; Habilidades de analisar problemas e tomar decisões; Solução de problemas interpessoais na sala de aula, sendo que os mesmos foram definidos a partir da literatura e da análise das avaliações com os estudantes.

Com os temas definidos, foram trabalhadas habilidades juntamente com a professora para que a mesma pudesse estimular o desenvolvimento dos alunos, com prioridade de comportamentos pró-éticos e pró-sociais, sendo que a pesquisadora discutia com a participante cada uma das habilidades e evidenciava quais habilidades a mesma já possuía e quais eram suas dificuldades; Com essa discussão, além do destaque para a importância da promoção do desenvolvimento pró-ético e  pró-social, discutiu-se a possibilidade da transformação ou supressão de comportamentos não condizentes com aqueles a serem instalados; Nas sessões seguintes foram desenvolvidas a exposição teórica acerca do tema específico (onde retomou-se as dificuldades e possíveis resoluções de problemas, sob mediação teórica da Análise do Comportamento), além do fornecimento de conceitos, modelos de atuação e experiências práticas; Era dada a professora a recomendação de executar junto a seus alunos os comportamentos treinados, em todos os dias da semana; Todos os aspectos supracitados foram também direcionados a segunda professora.

A avaliação possibilitou identificar a existência de comportamentos voltados ao desenvolvimento da cidadania no repertório das crianças e qual repertório deveria ser ensinado ou aperfeiçoado.

A análise do resultado demonstrou que a intervenção foi efetiva tanto na promoção de comportamentos socialmente habilidosos quanto na redução de comportamentos agressivos das crianças, além da ampliação de oportunidades de interação em sala de aula e, consequentemente, a maior variabilidade de modelos condizentes com a instalação e manutenção de comportamentos pró-éticos e pró-sociais necessários para socialização e autonomia dos alunos; As autoras ainda apontam que, em estudo posterior, verificou-se a manutenção dos comportamentos supracitados no repertório dos alunos.

ROCHA, Juliana Ferreira da; CARRARA, Kester. Formação ética para a cidadania: reorganizando contingências na interação professor-aluno. Psicol. Esc. Educ.,  Maringá,  v. 15,  n. 2, dez.  2011 .   Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-85572011000200004&lng=pt&nrm=iso. acessos em  17  abr.  2012.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-85572011000200004.

Comments are closed.