O uso terapêutico dos videogames em doenças crônicas traz diversos benefícios à saúde dos pacientes, aponta pesquisa

Embora os vídeo games sejam frequentemente associados à supostamente contribuirem para a inatividade física e a obesidade, recente pesquisa discute um novo gênero específico de video games que possuem valor terapêutico.
Na publicação, desenvolvida pela Universidade de Utah, os pesquisadores discutem como os video games podem ser usados no tratamento de pacientes com câncer, diabetes, asma, depressão, autismo e Mal de Parkinson, sendo que o estudo ilustra como os video games terapêuticos podem trazer benefícios saudáveis.

No estudo, os pesquisadores descrevem os video games terapêuticos, como o Patient Empowerment Exercise Video Game (PE Game), um jogo que promove atividade e que fora desenvolvido especificamente para aumentar a resiliência, a auto qualificação e o “espírito de luta” de pacientes da área de pediatria oncológica; Os autores da pesquisa objetivaram também associar o uso de outros jogos já utilizados em pacientes com doenças crônicas.

Os pesquisadores observaram também os dados clínicos de saúde acerca dos vídeo-games, incluindo jogos comuns e os jogos de promoção de atividades jogados nos consoles Wii, XBOX ou nos sistemas Playstation; Os autores apontam que há um número crescente de pesquisas que demonstram os possíveis efeitos dos vídeo games em mudanças comportamentais específicas relacionadas a saúde e o controle da obesidade, dos transtornos neurológicos, do câncer e da asma.

Os autores apontam também que os vídeo games agem como intervenções não farmacológicas que podem aumentar a resiliência de pacientes acometidos de diversos transtornos crônicos via mecanismos neuronais que evocam emoções positivas e um sistema de recompensas.

Fonte: Universidade de Utah

Comments are closed.


loading...