Crianças com TDAH podem apresentar traços autistas

Crianças com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) exibem frequentemente traços autistas, o que pode ocasionar problemas mais graves de socialização. Pesquisa foi apresentada no 26º Congresso Europeu de Neuropsicofarmacologia.

Pesquisas anteriores demonstraram que crianças com o transtorno de espectro autista apresentam em muitos casos o TDAH – e este recente estudo agora pontua que a situação contrária também deve ser levada em consideração. 

Estudos envolvendo gêmeos, histórico familiar e relação familiarapontaram que o TDAH e o transtorno de espectro autista dividem uma herança etiológica. “Essas descobertas aumentam a possibilidade de que algumas crianças com TDAH possam manifestar sintomas de autismo mesmo na absência de um transtorno pleno”, aponta o estudo.

A pesquisa, que envolveu 469 crianças (242 com o Transtorno e 227 sem tal diagnóstico, sendo que nenhuma foi diagnosticada com o transtorno de espectro autista), demonstrou que houve um número significantemente maior de indivíduos com TDAH que apresentaram traços autistas, quando comparados com crianças sem o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade. Além disso, o grupo com TDAH e traços autistas apresentou um maior déficit neurospsicológico, interpessoal e psicopatológico, assim como desregulação emocional.

Embora as diferenças entre os sintomas principais do TDAH entre o subgrupo “TDAH + traços autistas” e o subgrupo “somente TDAH” não foram significativas, o primeiro subgrupo apresentou maiores índices de dificuldade em lidar com situações de rejeição, bem como maiores índices de disfunção social e problemas emocionais severos – quando comparados ao subgrupo “somente TDAH” e o grupo controle.

Fonte: 26th European College of Neuropsychopharmacology (ECNP) Congress

Comments are closed.


loading...