Especialização nas Psicoterapias Métodos Rmain, Dia-Log e terapia de troca e desenvolvimento (TED)

Propor um programa formativo que possa despertar e constituir no formando as condições de colocar-se em relação para atuar como psicoterapeuta TED, RAMAIN ou DIA-LOG

Esse despertar consiste no desenvolvimento de uma nova perspectiva na percepção e compreensão de si mesmo, do outro. Trata-se de um processo complexo uma vez que um de seus eixos mais importantes é a própria personalidade do formando. Assim, a formação experiencial através da vivência de situações RAMAIN e DIA-LOG, em grupo, constitui-se como patamar básico da formação didática. Esse ciclo denominado formação à relação, constituirá o processo psicoterápico através do qual cada formando vivenciará as psicoterapias RAMAIN e DIA-LOG.

Esse processo pretende ampliar o campo perceptivo do formando, liberando-o de ideias preestabelecidas, de imagens que impedem sua relação com o aqui e agora, a favor de uma abertura que desvenda a verdade, seu verdadeiro si, nessa busca da realidade, e o insere em uma perspectiva existencial: na liberdade que o compromete em relação a si e ao outro. Contando com essa qualidade relacional um psicoterapeuta pode emergir.

Essa etapa experiencial possibilita ainda ao formando descobrir/ construir os eixos metodológicos que norteiam as psicoterapias TED, RAMAIN e DIA-LOG, constituindo-se numa ponte entre o trabalho de formação pessoal e a perspectiva da prática.

A etapa de formação didática propriamente dita objetiva entrelaçar a dimensão psicoterápica integrando-a ao domínio da técnica.

Em relação à TED consiste em apresentar e aprofundar os aspectos ligados à sua técnica particular, partindo-se de trocas voluntariamente simples com a criança em um contexto de tranquilidade, disponibilidade e reciprocidade, no qual a organização da sala, dos materiais e das atividades segue um profundo estudo neurodesenvolvimental, sobre as capacidades, potencialidades e dificuldades da criança.

Neste contexto, a atitude do terapeuta – que delicadamente propõe as sequências de interação e que pacientemente aguarda a emergência das respostas da criança – torna-se o elemento central da condução do trabalho e por isso deve ser integrado ao campo da técnica.

O trabalho prática dos formados em estágio, permite integrar aos aspectos da técnica o trabalho com a espontaneidade do terapeuta, aliado ao constante rigor de seus procedimentos.

Em relação ao Método Ramain consiste na apresentação de um programa de trabalho, um “Dossier”, acompanhado de sua apropriação, aprofundamento e domínio dos diferentes tipos de exercícios, estrutura da programação, da composição das sessões e demais aspectos específicos. Esses dados integrados aos concernentes critérios de composição de grupos, de animação e das funções do psicoterapeuta serão objetos de trabalhos com os formandos através de supervisão da atuação prática, isto é, de estágio a ser realizado, no mínimo de 50 horas, por cada formando.

Além dos aspectos técnicos específicos, evoluir como psicoterapeuta demanda fundamentalmente a disponibilidade ao outro. Em um trabalho clínico essa disponibilidade é altamente solicitada pela complexa dinâmica que se estabelece entre diversos pólos que interagem em torno do paciente. Assim é, que para propiciar ao formando situar-se, um módulo de compreensão da dinâmica instituição, terapeuta, paciente e família se apresenta como um subsídio fundamental à perspectiva clínica. Convergindo a esse mesmo fim, dois outros aspectos serão considerados: – as funções de uma equipe multidisciplinar, a avaliação neurodesenvolvimental e o projeto terapêutico.

Enlaçando esse programa formativo, a fundamental compreensão dos processos psíquicos se dará através de módulos teóricos que enfocarão diferentes aspectos da cognição humana: – psicológico, neurológico e psicopatológico.

Pretendemos que essa ampla interação de solicitações crie no formando um corpo de atitudes que favoreça sua capacidade de atuar como psicoterapeuta TED, RAMAIN ou DIA-LOG, conduzindo seu agir por uma rigorosa ética no plano relacional.

 

Especialidade reconhecida pelo Conselho Federal de Psicologia.

Parceria Institucional: Association Simonne Ramain Internationale – ASRI – Paris, França

Université François-Rabelais – Service Universitaire de Formation Continue (SUFCO), Centro Pró-Autista Social (CPA), Universidade de São Paulo (USP) – Laboratório de Estudos sobre De senvolvimento e Aprendizagem (LEDA), Universidade Paris Descartes e Universidade Paris Diderot

Certificados: Cari Psicologia e Educação e Université François-Rabelais – Service Universitaire de Formation Continue (SUFCO).

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.


loading...