Saiba como adestrar e fazer um coelho de estimação feliz

Quando falamos de animais dentro de casa (ou apartamento), não frequentemente pensamos em coelhos de estimação como uma opção, contudo, eles podem ser ótimos companheiros, assim como cães e gatos.

E como esses pequenos companheiros, o adestramento também é uma ótima opção para educá-los e evitar algumas surpresas dentro de casa, tais como suas necessidades feitas em um tapete.

Está pensando em adotar um coelho e não sabe como fazer para adestra-lo e deixar mais agradável a convivência com o seu amiguinho? Bem, continue lendo esse texto que te apresentaremos ótimas dicas para começar.

Dicas para adestrar o seu coelho de estimação

Coelhos são inteligentes e sociáveis e boa parte deles são facilmente adestrados, porém, ao fazê-lo da forma errada, muitas pessoas terminam se frustrando e desistindo dessa tarefa.

Para que você não cometa o mesmo erro e tenha um relacionamento agradável com o seu coelho, vamos começar com algumas dicas para que você ficar atento ao seu animal de estimação.

  1. Conheça o seu coelho

Assim como qualquer pessoa ou animal, o seu coelho tem uma personalidade própria e você deve respeitá-la. Sendo assim, conheça os hábitos do seu amiguinho. Mantenha em mente que agressão física ou gritos não os tornarão mais obedientes ou cooperativos.

Sendo assim, procure a abordagem dos incentivos positivos, pequenos petiscos e brinquedos são ótimas recompensas. Com o tempo você aprenderá o que ele mais gosta.

Lembre-se, se eles estiverem fugindo do treinamento proposto, quer dizer que os mesmos estão desconfortáveis e por conta de seus instintos (de presas) procuram abrigo.

  1. Na hora do treinamento, frequência é a chave

Assim como cachorros, para ensinar um comando, é muito importante manter uma frequência regular para ensiná-los a obedecer. Essa frequência deve ser de duas ou três vezes ao dia, com isso, logo mais você verá algum resultado.

Durante o treinamento, saiba que o seu coelho não tem uma visão muito boa para o que está diretamente à sua face. Sendo assim, para oferecer os petiscos, lembre-se de colocá-lo diretamente sob o seu nariz para que ele reconheça.

Exatamente por conta dessa “limitação” é interessante que você se deixe ver sempre que estiver manipulando o seu bicho de estimação, ajudando-o a dissociar a sua imagem e cheiro da de um predador em potencial.

  1. Qual é o comando que o seu coelho tem que aprender?

Antes de começar a ensinar um comando completamente aleatório, saiba todos os passos que o seu bichinho deverá cumprir para que ele consiga executar todo o plano.

Ao dividir, premie o seu coelho de estimação a cada passo que ele cumprir. Por exemplo, se você quer que ele suba no seu colo quando chamado, pode dividir em 3 partes: responder o seu comando, subir no sofá (ou cadeira), aninhar-se em seu colo.

Outro ponto que deve ser enfatizado é que o comando deve ser sempre o mesmo, as variações o deixará confuso e não será produtivo.

  1. A recompensa

A recompensa deve ser feita de maneira imediata, dessa forma, ele irá associar aquela atitude à recompensa e estará mais predisposto a fazê-la de uma próxima tentativa.

Quando começar a ver resultados, não pare, seja persistente até que ele repita o truque que você quer de forma a quase sempre acertar. Você também pode usar um clicker – esse é um aparelho que faz um “click” que pode ser associado ao petisco.

Após ele entender o que deve fazer, remova gradualmente os petiscos – afinal, se oferecido em demasia pode ser um risco para a saúde do coelho – e substituía com carícias e brinquedos.

  1. Reforço

Não raro, um coelho pode esquecer um treinamento que não é muito utilizado, sendo assim, esteja disposto a reforça-lo na mente do seu animalzinho. Paciência e amor são a chave para isso.

Pronto para adquirir um coelho de estimação? Essas são realmente criaturas adoráveis que com um pouco de adestramento podem ser verdadeiros companheiros!

Comments are closed.