Archive | Aspectos Históricos do Campo Psi RSS feed for this section

História Natural da Depressão

O presente trabalho busca fazer um levantamento da História Natural da Depressão, passando de forma breve pela definição, histórico, causas, tipos de depressão, diagnóstico e mensuração da gravidade dos sintomas depressivos, fisiopatologia, curso e evolução, prevalência e incidência, estatísticas da depressão segundo a OMS e nas diversas atuações da Psicologia relacionadas ao transtorno.
A Depressão é definida como uma patologia que altera e compromete …

Continue Reading

Políticas Públicas de Saúde Mental e o Lugar do Louco na Sociedade (1)

Resumo: Neste artigo discute-se de que forma o portador de sofrimento psíquico foi ganhando seu lugar como sujeito de direitos. O "louco" foi durante anos tratado de forma institucionalizada, era lhe tirado o direito de liberdade e cidadania. Hoje, objetiva-se uma reinserção social destes sujeitos, buscando na intersetorialidade cuidados mais humanos e adequados à
aqueles outrora denominados loucos. Pretende-se contribuir através de uma reflexão teórico crítica, a fim de manter o debate e preocupa&c…

Continue Reading

Reforma Psiquiátrica: Panorama Sócio-histórico, Político e Assistencial.

INTRODUÇÃO

O presente trabalho visa abordar o processo histórico, social, político e assistencial da Reforma Psiquiátrica, desde os primórdios, por meio dos elementos que se fizeram necessários e emergenciais na atuação dos projetos de medidas para mudanças na área da saúde mental.

Ressalta sobre os movimentos reformistas que participaram ativamente neste processo, nos períodos pré e pós reforma, com seus impactos e conseqüências diante …

Continue Reading

Um engano na Psicologia: a vitimização teórica

Rotineiramente influenciamos e somos influenciados por ideias e posturas muito poderosas.
Continue Reading

As bases da Psicanálise e os Pais das Psicanálises

Este trabalho tem por objetivo comparar os conceitos de Energia Psíquica, Libido e Inconsciente (estrutura e dinâmica da psique) em três importantes teóricos: Freud, Jung e Reich. Esse texto não apresentará os conceitos em formas de tópicos, mas dentro do contexto de cada construção teórica.
Continue Reading

A linguagem inserida na cultura humana

No decorrer da história da humanidade, o homem desenvolveu suas faculdades psíquicas. Esses progressos no desenvolvimento psíquico se fixaram e são passados de geração para geração sob uma forma material exterior e não de forma morfológica ou biológica. Essa forma de acumulação e de transmissão de experiências deve o seu aparecimento à atividade humana fundamental: o trabalho.
Continue Reading

Manicômios

Ao longo da história, houve uma tendência em várias sociedades para excluir os marcados pela diferença. Durante a Inquisição, o desvio da fé cristã-a heresia (palavra grega que significa opinião discordante)-era punida com torturas e os hereges poderiam ser queimados vivos num ritual denominado auto-de-fé. Os asilos manicomiais surgiram durante o Renascimento e o Iluminismo, com o objetivo de proteger e dar abrigo aos doentes mentais, mas acabaram por segregá-los ainda mais do que os sintomas que o co…

Continue Reading

De volta aos porões da Loucura: uma visita a Barbacena

O presente artigo partiu da experiência interdisciplinar realizada pelos alunos da PUC Minas Arcos integrando as disciplinas de Psicopatologia Geral, História da Psicologia e o estágio em Saúde Mental. Os objetivos da Visita Técnica a Barbacena foram: 1º Possibilitar um encontro com a história das instituições psiquiátricas de Minas Gerais – contextos sociais e políticos; 2º abordar as repercussões da reforma psiquiátrica na humanização do tratamento do doente mental; 3&…

Continue Reading

O verdadeiro crime do Dr. Jung por Davy Bogomoletz – parte II

(continuação)  Sabendo, como sabemos, que Jung baseava a sua proposta teórica fundamentalmente sobre o inconsciente coletivo, mais cultural que o inconsciente sexual da escola freudiana, é preciso reconhecer que o Nazismo lhe ofertou, como que sobre uma bandeja, um fenômeno social que poderia ser tomado como a comprovação final de suas proposições. Algo parecido com […]

Continue Reading

História Cultural da Psiquiatria – parte II

(continuação)

6. Psiquiatria Iluminista

O movimento do Iluminismo se estende entre 1740 e 1800. Em reali­dade, já se inicia em fins do século XVII nas artes, na filosofia e na religião. Mas para assinalar o início de suas manifestações no campo da Medi­cina, vale a tardia data de 1740. Por outro lado, a expressão científica desta nova sensibilidade irá confi­gurar-se nos primeiros anos do século XIX. A representação mais genuína…

Continue Reading


loading...