Archive | Psicologia do Esporte RSS feed for this section

A primeira vez

A chuteira parecia um pouco apertada. Agachou-se, desamarrou-a e tornou a amarrá-la. Não ficou bom, continuava incomodando. Pensou que por mais que tentasse ajeitá-la não ficaria bom, então desistiu. Sentia o coração a mil e seu foco de atenção flutuava pelo mundo à sua volta, porém invariavelmente retornava para as desagradáveis sensações corporais que lhe invadiam.

Continue Reading

Na hora H

Foram meses de preparação. Visitas à nutricionista, incontáveis sessões de fisioterapia, freqüentes consultas com o psicólogo, além é claro do acompanhamento constante do treinador. Naquela manhã levantou-se cedo. Estava sentindo-se bem e tudo o que havia feito como preparação para aquela prova parecia ter sentido.

Continue Reading

A patroa e a empregada

Imagine o seguinte cenário doméstico: dia de estréia da seleção na copa; na cozinha Maria, a empregada, termina de lavar os pratos do almoço; no quarto principal a patroa também Maria, porém de sobrenome aristocrático) termina de se empetecar, já na expectativa dos familiares que irão acompanhar o jogo contra a Croácia na TV de plasma de ultima geração que o marido comprou. Ambas estão ansiosas: a empregada mais pelo fato de que não poderá acompanhar os filhos e marido na periferia, pois a patroa quer que ela sirva comes e bebes após o jogo; a segunda porque espera para ver se as cunhadas vão …

Continue Reading

Flamengo x Corinthians

Esta coluna não pretende narrar nenhum jogo do passado destes dois times. Na verdade o foco está nas torcidas das agremiações. Para tanto gostaria de chamar a atenção do leitor para dois jogos, sendo um de cada equipe, e tendo como pano de fundo o mesmo campeonato: a Taça Libertadores da América.

Continue Reading

De olhos bem abertos

Quando abriu os olhos já era tarde. O rádio relógio marcava 10h02min. Estava atrasado…mas isso não importava mais. Estava desempregado.

Continue Reading

Porrada, Porrada!

Um belo domingo de sol no Mineirão. Este foi o palco para o espetáculo que movimentou a capital mineira em um domingo, 13/03/2005. Em campo as equipes do América e do Atlético travam um duelo com objetivos diferentes. O América tentava espantar o fantasma do rebaixamento, enquanto que o Atlético buscava garantir a classificação para as finais do campeonato mineiro. Vou logo adiantando o resultado (América 1 x 0 Atlético), pois, desta vez, o jogo é apenas o pano de fundo para o que será discutido nesta coluna.

Continue Reading

Corrida de rua

Impressionante o crescimento recente do numero de praticantes de corrida de rua no Brasil. Eu mesmo confesso que há cerca de dois anos me tornei um adepto desta prática.

Continue Reading

Esporte é para todos

Mal havia tocado o sinal do intervalo e toda a garotada da escola já estava amontoada na quadra para apelada do recreio. Todos tinham esperança de participar, porém aos poucos as “panelas” tomavam conta do espaço. Havia uma hierarquia naquela aparente desordem: primeiro os mais altos e fortes (ser repetente compensava naquela situação), depois os pequenos, porém habilidosos e, por último, o “resto”.

Continue Reading

Ganhar no jogo, perder na vida…

…ou será ao contrário? O que é melhor? Ser um vencedor nos campos, quadras e raias ou no trabalho, na vida social e afetiva? Será possível “ganhar” em tudo? Mais uma pergunta: ganhar no “campo” ensina a ganhar na vida? Não me parece que existam respostas muito exatas para todas estas perguntas, porém podemos especular um pouco acerca delas.

Continue Reading

Pelada na rua

*Adaptado da cultura popular que circula entre profissionais e estudantes de psicologia.

O velho psicólogo finalmente cede as pressões da universidade e aceita se aposentar. Na primeira tarde que passa em casa percebe que um grupo de meninos do bairro costumava jogar bola todos os dias bem debaixo de sua janela. Um barulho infernal para quem desejava, agora, apenas curtir o merecido descanso. Na sua primeira tentativa de aproximação com os meninos, pede a eles que joguem em outro horário ou não façam muito barulho durante o jogo (coitado, passou tanto tempo sob as paredes do laboratório que…

Continue Reading


loading...