Archive | Uma análise comportamental de questões contemporâneas RSS feed for this section

Diálogos entre Oliver Sacks e B. F. Skinner – Antifrágil

Nos artigos anteriores da presente coluna pudemos constatar como Sacks e Skinner defendem que o comportamento humano está em constante transformação, sendo afetado pelo meio em que cada ser humano vive e pelas condições biológicas de cada organismo. Na vasta obra literária de Sacks podemos encontrar diversos exemplos de enfermidades que acometeram o sistema nervoso […]

Continue Reading

Diálogos entre Oliver Sacks e B. F. Skinner – Tecnologia, Neurologia e Psicologia

O homem é uma criatura peculiar dentro do nosso planeta em todo o seu período de existência. O cérebro da nossa espécie é altamente desenvolvido, com diversas capacidades como raciocínio abstrato, linguagem e consciência. Tais habilidades, associadas à postura ereta de nosso corpo, possibilitaram o uso dos braços e das mãos para criar, manipular e […]

Continue Reading

Diálogos entre Oliver Sacks e B.F. Skinner – Acidente vascular cerebral

        Segundo Benseñor e Lotufo (2008) o acidente vascular cerebral (AVC) é uma das doenças que mais matam no Brasil e no mundo. Estima-se que no ano de 2008 aproximadamente 6 milhões de óbitos, 10% do total de mortes no mundo, tenham sido causados por acidentes vasculares cerebrais. A perspectiva é que […]

Continue Reading

Diálogos entre Oliver Sacks e B.F. Skinner: Músicas que não saem da cabeça

    Com o advento da tecnologia, cada vez mais as pessoas tem acesso a diferentes fontes de informações, sejam elas visuais e/ou auditivas. Ao contrário do que ocorria em séculos anteriores, o acesso às informações se dá de forma muito simplificada, com um simples clique no aparelho eletrônico mais próximo. Uma música, que antigamente […]

Continue Reading

Diálogos entre Oliver Sacks e B.F. Skinner – Potenciais

            No último artigo, intitulado A plasticidade humana, foi abordada a capacidade do cérebro em se adaptar a diversas situações, recuperando funções que por algum motivo foram danificadas ou perdidas. Seguindo essa linha de raciocínio, o presente artigo abordará as possibilidades que o nosso cérebro nos proporciona, no sentido de sermos aquilo que quisermos ser.            […]

Continue Reading

Diálogos entre Oliver Sacks e B.F.Skinner – A plasticidade humana

Ao analisar o nosso dia a dia nos deparamos com a infinita capacidade do ser humano em superar seus próprios limites, em construir obras arquitetônicas inimagináveis, além de produzir as mais belas obras de arte. A capacidade de superação, de reinventar a realidade de uma forma totalmente nova, pode ser denominada como a plasticidade do […]

Continue Reading

Diálogos entre Oliver Sacks e B.F. Skinner: O ver e o não ver

Esse artigo começa com uma afirmação muito interessante encontrada em diversas culturas, e em diferentes contextos, que consiste na capacidade de olharmos muitas coisas, mas só vermos algumas. Mas o que essa afirmação quer dizer exatamente?

Continue Reading

Diálogos entre Oliver Sacks e B.F. Skinner: o “dom” musical

De acordo com o senso comum, algumas pessoas nascem com um “dom” para a musicalidade, enquanto outras nascem desprovidas desse “dom”. Diante da composição ou reprodução de uma obra clássica da música erudita, os ouvintes freqüentemente se perguntam se o músico possui um cérebro especial; se seu cérebro funciona de outro modo quando comparado a de uma pessoa sem musicalidade; se suas conexões, campos cerebrais de atividade são de alguma forma diferentes.
Continue Reading

Diálogos entre Oliver Sacks e B.F. Skinner: uma introdução

Antes de qualquer coisa faz-se necessário apresentar ao leitor os dois autores que serão explorados neste primeiro de uma série de artigos, a saber: Oliver Sacks e B.F. Skinner.
Continue Reading

O que é o autismo?

De acordo com a American Psychiatric Association (2002), Desordens do espectro do autismo (Autism Spectrum Disorders – ASD), incluindo autismo, síndrome de Asperger, e outras desordens do desenvolvimento não especificadas, são um grupo de desordens caracterizadas por problemas nas interações sociais, déficit de comunicação, e restrição e repetição de classes de comportamento.
Continue Reading


loading...