Terapia computadorizada é rejeitada por grupo inglês

O grupo médico britânico Nice (Instituto Nacional de Excelência Clínica) rejeitou hoje o uso de terapia comportamental cognitiva computadorizada para tratar ansiedade e depressão.
O grupo médico britânico Nice (Instituto Nacional de Excelência Clínica) rejeitou hoje o uso de terapia comportamental cognitiva computadorizada para tratar ansiedade e depressão.
A terapia comportamental cognitiva procura ajudar os pacientes com problemas de saúde mental, ao se concentrar no autocontrole, estratégias de superação e capacidades de resolução de conflitos. Quando é computadorizada, pode ser fornecida em um computador pessoal, pela Internet ou pelo telefone com sistemas interativos de resposta de voz. Diversos pacotes são vendidos na Grã-Bretanha, incluindo Beating the Blues para depressão, StressPac para ansiedade, e FearFighter para fobias e pânico.

Os preços variam de US$ 241,5 a US$ 690 mil, variando de acordo com a possibilidade de sistema de computador, apoio técnico, treinamento e apoio clínico estarem incluídos.

O Nice disse que pesquisas indicam que a terapia computadorizada até pode ser valiosa, mas ressaltou que as evidências ainda são muito limitadas para recomendar a introdução geral no Serviço Nacional de Saúde.

Fonte: Reuters Limited
Sexta, 17 de maio de 2002, 18h31

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.