Falta de informação sobre HPV dificulta comunicaçãodo diagnóstico

Embora o teste de rastreamento para o câncer de colouterino já tenha se tornado rotina cada vez mais disseminada na Ginecologia, muitos profissionais ainda não sabem a melhor maneira decomunicar os resultados do exame às suas pacientes. Segundo reportagem da revista eletrônica American Medical News, da American Medical Association, não é raro que mulheres infectadas pelo HPV culpem seus parceiros pelo problema, muitas vezes questionando sua fidelidadee criando situações embaraçosas para o médico. Esse tipo de comportamento se deve, em grande parte, à falta de informação da população com relação ao HPV: segundo a revista, a maior parte das pessoas nunca sequer ouviu falar sobre o assunto.

Fonte:[url=http://www.ama-assn.org/amednews/2004/10/11/hlsc1011.htm]American Medical News[/url]
Embora o teste de rastreamento para o câncer de colouterino já tenha se tornado rotina cada vez mais disseminada na Ginecologia, muitos profissionais ainda não sabem a melhor maneira decomunicar os resultados do exame às suas pacientes. Segundo reportagem da revista eletrônica American Medical News, da American Medical Association, não é raro que mulheres infectadas pelo HPV culpem seus parceiros pelo problema, muitas vezes questionando sua fidelidadee criando situações embaraçosas para o médico. Esse tipo de comportamento se deve, em grande parte, à falta de informação da população com relação ao HPV: segundo a revista, a maior parte das pessoas nunca sequer ouviu falar sobre o assunto.

Fonte:[url=http://www.ama-assn.org/amednews/2004/10/11/hlsc1011.htm]American Medical News[/url]

,

Comments are closed.