Tratamento da depressão em idosos deve valorizar autonomia

Pesquisa aponta que oupar o idoso com muitas tarefas, sem considerar suas vontades e características próprias, não previne o surgimento da depressão.
O tratamento psicológico de idosos com depressão precisa valorizar a autonomia e a individualidade dos pacientes. “Devemos tratá-los como sujeitos ativos”, afirma a psicóloga Cláudia Aranha Gil, que concluiu recentemente sua dissertação de mestrado sobre o tema no Instituto de Psicologia (IP) da USP. Ela considera que, controlar o idoso, dizendo sempre o que é melhor para ele, retira muitas vezes suas possibilidades de entrar em contato com seus sentimentos e pensamentos e de agir em busca de soluções, explica.

Fonte: [url=http://www.usp.br/agen/repgs/2005/pags/102.htm]SaberUSP[/url]
Pesquisa aponta que oupar o idoso com muitas tarefas, sem considerar suas vontades e características próprias, não previne o surgimento da depressão.
O tratamento psicológico de idosos com depressão precisa valorizar a autonomia e a individualidade dos pacientes. “Devemos tratá-los como sujeitos ativos”, afirma a psicóloga Cláudia Aranha Gil, que concluiu recentemente sua dissertação de mestrado sobre o tema no Instituto de Psicologia (IP) da USP. Ela considera que, controlar o idoso, dizendo sempre o que é melhor para ele, retira muitas vezes suas possibilidades de entrar em contato com seus sentimentos e pensamentos e de agir em busca de soluções, explica.

Fonte: [url=http://www.usp.br/agen/repgs/2005/pags/102.htm]SaberUSP[/url]

,

Comments are closed.