Prêmio Monográfico do Conselho Federal de Psicologia destaca encarceramento

A edição deste ano do Prêmio Monográfico promovido pelo Conselho Federal de Psicologia tem como tema “Subjetividade, Encarceramento e Sistema Prisional: desafios para a Psicologia”. Serão escolhidas as melhores monografias sobre o tema, de profissionais e estudantes, concedendo prêmios com valores entre R$ 1.000,00 e R$ 3.000,00 para os três primeiros lugares em cada categoria, além da publicação da produção na revista Psicologia- Ciência e Profissão.

A edição deste ano do Prêmio Monográfico promovido pelo Conselho Federal de Psicologia tem como tema “Subjetividade, Encarceramento e Sistema Prisional: desafios para a Psicologia”. Serão escolhidas as melhores monografias sobre o tema, de profissionais e estudantes, concedendo prêmios com valores entre R$ 1.000,00 e R$ 3.000,00 para os três primeiros lugares em cada categoria, além da publicação da produção na revista Psicologia- Ciência e Profissão.

O prêmio “Pedro Parafita Bessa – Subjetividade, Encarceramento e Sistema Prisional: Desafios para a Psicologia”, instituído pelo Conselho Federal de Psicologia, tem como objetivo estimular nos estudantes e profissionais de Psicologia a produção científica a respeito da relação entre a Psicologia e o sistema prisional. O prêmio é também uma possibilidade de homenagear o ilustre PEDRO PARAFITA BESSA, pioneiro da Psicologia brasileira, por sua inegável contribuição para o desenvolvimento da profissão no país.A edição deste ano homenageia o psicólogo, militante mineiro, Pedro Parafita Bessa. Pedro Bessa atuou à época da ditadura militar contra as diversas formas de cerceamento e exclusão. Afastado da Universidade pelo AI-5, o professor Pedro Parafita de Bessa nunca pediu revisão de sua aposentadoria compulsória decretada em 1969, quando dirigia a Fafich, Faculdade de Filosofia da UFMG.

Em vez de recorrer à anistia, preferiu o protesto: “Já tinha refeito minha vida profissional e sabia que ainda havia presos políticos. De que adiantaria resolver a minha situação, se aqueles que foram os mais atingidos continuavam nas mãos dos militares?” , questionou. Pedro Parafita Bessa faleceu aos 79 anos, tendo sido um dos criadores do curso de Psicologia da UFMG.

Poderão concorrer ao prêmio:

· Psicólogos inscritos regularmente em Conselho Regional de Psicologia;

· Estudantes de graduação matriculados em curso de Psicologia.

As inscrições podem ser feitas até o dia 12 de dezembro deste ano.

Os trabalhos deverão ser entregues ou remetidos pelo correio para o Conselho Federal de Psicologia no endereço: SRTVN, Quadra 702, Edifício Brasília Rádio Center, sala 4024-A – CEP: 70.719-900, Brasília/DF.

O período de inscrições será de 01/08/2005 a 12/12/2005.

Informações:
e-mail: apoio@pol.org.br
site: www.pol.org.br

Assessoria de Imprensa CRP SP

H CARRIJO – 3061-9494 RAMAL 137

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.